Diario do Sul
Twitter rectangular

Oportunidade para conhecer locais inacessíveis ao público

Visita especial ao Forte da Graça, em Elvas

Fonte: Nota de Imprensa

02 Setembro 2016

A Câmara Muncipal de Elvas (CME) promove nova visita ao Forte da Graça, proporcionando ao público conhecer locais habitualmente inacesíveis, no dia 24 de setembro.
As visitas especiais são um momento único para o visitante aceder a espaços revestidos de riqueza histórica e habitualmente inacessíveis ao público, como as contraminas e a cisterna, através de uma visita guiada com explicação histórica.
Esta será a quarta visita especial realizada este ano, após as anteriores que se realizaram em março, maio e junho, nas quais se registou uma enorme afluência de público.
“É uma oportunidade única para compreender as particularidades que tornaram o Forte da Graça a maior obra de arquitetura militar, classificada como Património Mundial pela UNESCO”, refere Nuno Mocinha, presidente da CME.
As visitas especiais ao Forte da Graça são um momento único para conhecer o monumento elvense classificado como Património Mundial da UNESCO, desde 2012 e que em 2015 venceu os prémios “Mais Património”, atribuído pela revista Mais Alentejo e o prémio “Turismo do Alentejo”, na categoria Melhor Projeto Público do Alentejo, atribuído pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo/Ribatejo, o que comprova o impacto positivo que a emblemática obra de arquitetura militar tem representado para o município elvense.
As inscrições encontram-se abertas até ao dia 21 de setembro e devem ser efetuadas através do e-mail: forte.graca@cm-elvas.pt ou pelo número de telefone 268 625 228.
Existe a opção de inscrição na visita que decorre no período da manhã, pelas 10 horas, ou, em alternativa, na visita agendada para as 16 horas.
As inscrições têm um custo de 15€ por pessoa e o número de participantes é limitado.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.