Diario do Sul
Twitter rectangular

Refood já abriu portas em Évora contra o desperdício alimentar

Autor :Roberto Dores

Fonte: Redação

24 Maio 2017

O movimento comunitário Refood, de combate à fome e ao desperdício alimentar, abriu portas na rua Alcárcova de Baixo. Para já, começa por beneficiar umas dez famílias, mas o projeto é bem mais ambicioso, como explicou Hunter Halder, o americano fundador da Refood.

“Vamos fazer uma grande campanha na cidade, porque queremos resgatar comida de restaurantes para a entregar a quem mais precisa”, começou por explicar ao Diário do Sul na tarde da inauguração. Para isso, o núcleo de Évora precisa de “mais voluntários, mais parceiros privados e públicos e até mais espaço. Mas agora já cá estamos e é trabalhar a partir daqui para começarmos a crescer como tem acontecido noutros sítios e fazer o trabalho que Évora merece”, sublinhou.

Hunter Halder aplaudiu o “empenho” dos primeiros voluntários que já vão colaborar com o núcleo eborense da Refood. “Estamos muito felizes pelo facto de perceber que os cidadãos de Évora têm disponibilidade para investirem o seu tempo precioso na melhoria do mundo, ajudando-o a ter muito menos desperdício alimentar e menos fome”, disse o dirigente, reiterando a importância das instituições da cidade se associarem ao projeto, que já conta com mais de 50 parceiros, onde se inclui o Diário do Sul e a Rádio Telefonia do Alentejo.

Leia a reportagem na íntegra na edição de hoje do jornal Diário do Sul.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.