Diario do Sul
diario jornal

Em vista a criação de 50 postos de trabalho e 10 milhões de euros de investimento

Compendionauta instala-se em Évora

Autor :Nota de imprensa

Fonte: Município de Évora

01 Setembro 2017

A Câmara Municipal de Évora, através do seu Presidente Carlos Pinto de Sá, e a empresa Compendionauta, representada pelo administrador José Carlos Massucato, assinaram esta quinta-feira (31 de agosto) o contrato de compra e venda de um lote de terreno no Parque de Indústria Aeronáutica para a instalação de uma unidade industrial. 

Segundo o administrador desta sociedade anónima, a Compendionauta irá investir cerca de 10 milhões de euros em Évora e criar 50 postos de trabalho em 2020. 

A Compendionauta, através de empresas associadas no Brasil, detém já experiência no relacionamento com a Embraer, mas a instalação em Évora visa também trabalhar com outras empresas construtoras de aviões. 

A empresa tem sede social no concelho de Évora, mais precisamente na Evoratech e pretende instalar no PIAE uma unidade fabril de maquinação de componentes para a indústria aeronáutica, pretendendo desenvolver nesta unidade industrial uma nova componente/atividade relacionada com a maquinação de componentes em titânio para a aeronáutica com tratamento superficial simples. 

O investimento da empresa nesta unidade industrial ascende a 10 milhões de euros e os mercados alvo são, além de Portugal, França, Espanha, Alemanha, Reino Unido e EUA. 

Para a Câmara Municipal de Évora o investimento a desenvolver pela empresa Compedionauta contribui para a diversificação do tecido empresarial do concelho e da região e enquadra-se na estratégia de dinamização do cluster aeronáutica em Évora e a sua instalação no PIAE contribui para o reforço das sinergias deste loteamento e das dinâmicas associadas a outros projetos de investimento já concretizados e em vias de negociação para serem acolhidos no concelho, pelo que, para além de outros motivos, reconheceu (aprovou) em Reunião Pública o projeto como de Potencial Interesse Municipal.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.