Diario do Sul
Twitter rectangular

Família Maia - Uma vida dedicada ao fabrico de chocalhos

Exposição no Castelo de Viana do Alentejo

Autor :Nota de imprensa

Fonte: Município de Viana do Alentejo

12 Outubro 2017

Foi inaugurada no passado dia 6 de outubro, no Castelo de Viana do Alentejo, a exposição “Gerações de um mesmo ofício: Família Maia”.

A exposição reflete o percurso de vida dos elementos da Família Maia e a arte chocalheira a que desde sempre estiveram associados. Francisca Alice Maia, José Luís Reis Maia, Guilherme Maia e Francisco Cardoso que estiveram presentes na cerimónia de inauguração, são testemunhos vivos de uma arte tradicional assente na passagem de conhecimentos e métodos de produção manuais que, em conjunto, traduzem o panorama cultural de várias gerações de mestres chocalheiros, uma arte considerada, hoje, pela UNESCO, Património Cultural Imaterial com Necessidade de Salvaguarda Urgente.

A fábrica de chocalhos Pardalinho, sedeada em Alcáçovas, uma das poucas oficinas que ainda se encontra com as portas abertas é, hoje, uma das referências no fabrico deste artefacto utilitário, procurando com o seu trabalho fundir o tradicional com o moderno, num objeto que durante épocas marcou a paisagem sonora alentejana.

A exposição, promovida pelo Município de Viana do Alentejo com o apoio da Junta de Freguesia de Alcáçovas e da Direção Regional de Cultura do Alentejo, pode ser visitada até dia 29 de outubro entre as 9h30 e as 13h00, e das 14h00 às 17h30.

De salientar que a exposição integra o ciclo anual de exposições que o Município promove com o apoio da Direção Regional de Cultura do Alentejo, no sentido de valorizar as várias manifestações e artistas do concelho, dando-os a conhecer não apenas há população local, mas a todos aqueles que nos visitam.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.