Diario do Sul
Twitter rectangular

Automóvel Club de Portugal tem 30 delegações espalhadas pelo país

Presidente do ACP anunciou novidades durante encontro com sócios em Évora

Autor :Marina Pardal

Fonte: Redação

12 Fevereiro 2018

Estar mais próximo dos sócios é um dos objetivos do presidente do ACP - Automóvel Club de Portugal, Carlos Barbosa, nas deslocações que tem feito às várias delegações espalhadas pelo país.
No dia 5 de fevereiro, esteve na delegação de Évora, num encontro que motivou a troca de ideias entre o dirigente e os sócios do clube.
Durante esta reunião, Carlos Barbosa anunciou algumas novidades que vão ser lançadas em breve. Segundo informação do ACP, “são dois seguros – para automóveis e motas – com os preços mais competitivos do mercado em Portugal”, evidenciando-se que “os seguros, que têm preços fixos mensais, incluem direito a veículos de substituição até cinco dias em caso de avaria”.
De acordo com Carlos Barbosa, “o objetivo é dar aos nossos sócios um conjunto de vantagens que tornem a sua vida mais confortável, mais segura e, sobretudo, mais económica”.
Para além disso, o ACP divulgou ainda que “este mês entrou também em vigor o serviço de assistência automóvel 'Proteção de Avaria' com características únicas e inovadoras face à oferta existente em Portugal e no mercado europeu”.
Explicou que “funciona como um seguro, em que o ACP paga mão-de-obra até 500 euros para a reparação de veículos, caso a viatura avarie na estrada e não seja reparável no local”, focando que “o serviço é válido tanto para automóveis, como para motos e pode ser acionado em Portugal e Espanha”.
Quanto a este encontro em Évora com os sócios do clube, Carlos Barbosa disse ao Grupo Diário do Sul que “regularmente desloco-me às delegações, mas são visitas de trabalho, não têm a ver com sócios”.
Nesse sentido, “achei que era importante fazer uma visita às delegações, tendo informado os sócios por carta dos locais onde irei estar, para falar com eles e para os poder ouvir”, constatando que “uns fazem queixas, outros elogiam, mas sobretudo pretendemos melhorar os serviços que prestamos aos sócios do ACP”.
Na sua opinião, “é muito importante esta proximidade com os sócios”, realçando que “o clube é dos sócios”.
Acrescentou que “o objetivo é que os sócios possam colaborar comigo e me deem ideias e sugestões para podermos melhorar, pois todos os serviços que lançamos é para melhorar as condições dos sócios”.
Além dos novos serviços já referidos, o presidente do ACP mencionou ainda que “estamos a fazer um projeto para um lar de terceira idade em Lisboa, nas instalações do Prior Velho”.
O ACP foi fundado em 1903, sendo reconhecido como uma instituição de utilidade pública e sendo considerado atualmente como o “maior clube português”, destaca esta entidade, adiantando que “está presente em todo o país, com 30 delegações, e conta com cerca de 250 mil sócios”.
É ainda salientado que tem como missão “defender a mobilidade e facilitar o acesso a uma vida saudável”.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.