Diario do Sul
Twitter rectangular

Município poupa em iluminações e apela às compras “cá dentro”

Reguengos de Monsaraz promove o comércio tradicional em Espanha

No arranque do mês do Natal, o município de Reguengos de Monsaraz está apostado em sensibilizar os residentes e os visitantes a escolherem o concelho para adquirirem os seus presentes no comércio tradicional.

Autor :Maria Antónia Zacarias

Fonte: Redacção D.S.

02 Dezembro 2015

O presidente da Câmara, José Calixto entende que a dinamização da economia local é fundamental para este território, uma vez que há a possibilidade dos turistas, sobretudo os espanhóis, efetuarem compras de produtos de qualidade e desfrutarem da animação que está prevista para esta quadra.

autarca afirmou ao “Diário do Sul” que o município vai fazer, mais uma vez, aquilo que tem vindo a cumprir noutros anos, “que é tentar dinamizar o centro da nossa cidade, a Praça da Liberdade, com uma série de eventos ligados às crianças e à família”.

José Calixto explica que a ideia é que as pessoas não fiquem tanto em casa, nem que não vão para outras cidades, sobretudo para centros comercial, e que ajudem o comércio local.

A estratégia de uma promoção muito grande em Espanha, “porque é uma quadra em que temos muitos visitantes espanhóis, com o tradicional presépio que já começou a ser instalado nas ruas da vila medieval de Monsaraz”, ajuda, a seu ver, a dinamizar este território. E acrescenta: “Em Monsaraz vamos fechar o ano com 80 mil visitantes”.

Assim, o município de Reguengos de Monsaraz salienta que vai ter apontamentos de Natal, sempre virado para as lojas tradicionais, quer em Monsaraz, quer em Reguengos de Monsaraz. “Vamos voltar a ter a casa do Pai Natal, onde as crianças podem tirar fotografias e falar com o Pai Natal e vamos ter uma visita sempre inesperada do Pai Natal no dia 4 de dezembro”, anuncia.

O presidente da Câmara avança também que no dia 13, um domingo, uma cadeia de televisão vai transmitir um programa a partir da sede de concelho, “tentando criar notoriedade em torno de um conjunto de eventos que, felizmente, na região começam a ser copiados e cujo objetivo é sempre o mesmo, que é a dinamização da economia local”. José Calixto refere que uma das possibilidades de presentes “podem ser as garrafas dos bons vinhos que temos em Reguengos de Monsaraz”.

O autarca considera que, embora o executivo tenha feito “uma grande contenção, há três ou cinco anos, nas iluminações de Natal”, mantém e proporciona uma nota de “alguma alegria em sítios estritos, como na Praça da Liberdade e no centro da cidade” para marcar este espírito natalício e dar maior “luminosidade” ao comércio dos empresários locais.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.